JORGE MOLDER

Nasceu em Lisboa em 1947.

Estudos em Filosofia.

Vive e trabalha em Lisboa.

Desde 1977, data da sua primeira exposição individual, tem efectuado numerosas exposições individuais e colectivas em prestigiadas galerias, centros de arte e museus, em Portugal e no estrangeiro.

Foi artista convidado da 22ª Bienal de São Paulo (1994) e representou Portugal na 48ª Bienal de Veneza (1999).

É citado em numerosos livros, jornais e outras publicações, tendo concedido numerosas entrevistas.

Publicou fotografias em livros, revistas e jornais. Existe uma extensa bibliografia sobre o seu trabalho.

Ganhou prémios de arte importantes, como o Prémio AICA/Portugal 2006/07, o Grande Prémio EDP (2010) e o Prémio da Sociedade de Autores 2014.

A sua obra encontra-se representada internacionalmente em alguns dos mais importantes acervos de arte contemporânea, como o The Art Institute of Chicago, EUA; Colecção Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, PT; Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madrid, ES; Colecção Fundação MAAT / EDP, Lisboa, PT; Maison Européenne de la Photographie, Paris, FR; Rio de Janeiro’s Modern Art Museum, BR, e La Maison Rouge / Colecção Marin Karmitz, Paris, FR, entre outros.