PAULO BRIGHENTI

(Almada, 1968). Vive e trabalha em Lisboa, tendo em anos recentes, iniciado a sua prática num atelier no campo.


Importante pintor português da sua geração e de grande reconhecimento, é um artista exemplar no panorama artístico português, com um percurso de sucesso a nível nacional e internacional.

A sua obra transita entre a segunda e terceira dimensão, sendo o espaço um elemento importante para o desenvolvimento da sua obra, bem como um elemento de transformação no processo das suas exposições, para a criação de espaços imersivos que se tornam multi-sensoriais. 

 

Paulo Brighenti expõe desde os anos 1990, destacando aqui alguns dos museus e galerias nacionais e internacionais onde apresentou o seu trabalho, como CAM / Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, MAAT, Lisboa; Instituto Camões, Luxemburg; Nässjö Konsthall, Nässjö, SE; Fundação Carmona e Costa, Lisboa, bem como nas galerias Galeria Belo-Galsterer, Galeria Pedro Oliveira, Porto, que o representam em Portugal e ainda a Rooster Gallery, Nova Iorque, EUA.

 

Em 2002 ganhou o Prémio Revelação Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva, Lisboa.

A obra do artista encontra-se em importantes colecções institucionais como, entre outras, Museu de Serralves, Porto; MAAT, Lisboa; Colecção Moderna / CAM / Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Banco de España, Madrid, ES; CGAC, Santiago de Compostela, ES; Colecção António Cachola / MACE, Elvas; Fundação Carmona e Costa, Lisboa; Colecção PLMJ, Lisboa; Fundação Ilídio Pinho, Porto, Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva, Lisboa.

 © 2020, Galeria Belo-Galsterer

Rua Castilho 71, RC, Esq. - 1250-068 Lisboa - Portugal

  • Ícone do Instagram Cinza
  • Ícone do Facebook Cinza
  • Cinza ícone do YouTube